Temas da conferência

Search by track

May 14 2015

Boas-vindas e inauguração

Palestrante Disponível Brevemente

Planos de investimento público e impacto das atualizações regulamentares na indústria de centros de dados – como o governo do Brasil pensa levar a indústria de centros de dados ao próximo nível

Palestrante Disponível Brevemente

Conseguindo agilidade organizacional, diminuindo o OPEX, e melhorando a eficiência energética através de SDN

Palestrante Disponível Brevemente

O investimento em virtualização é ainda muito grande em toda a região LATAM, particularmente no Brasil. É neste cenário que o SDN encontra um colo fértil para uma excelente colheita. Melhorar eficiência, otimizar a virtualização, melhoramentos na utilização de servidores, são todas promessas do SDN. Mas quanto de isso realmente é conseguido pelo SDN? Quanto de útil pode ser o SDN para organizações governamentais e de negócio?

Pausa café e networking

Caso prático: Implementando uma infraestrutura virtual para o centro de dados do Governo do Brasil – melhorado a disponibilidade, capacidade e eficiência

Jonathan Leppard , Director , Future Facilities UK

Qual o significado de “Software Defined Everything” na prática e qual o papel do “Open” – em que ponto se encontra o mercado brasileiro?

SDE y OC estão fazendo sua entrada na indústria de centros de dados a nível mundial. Mas em que ponto da curva de mercado se encontra o Brasil? Infraestrutura de nuvem e convergência de sistemas operativos estão levando os custos para baixo e aumentando indicadores de sucesso tao importantes como: velocidade, agilidade, escalabilidade e eficiência. Vivemos um momento de disruptivo? São o SDE e OP realmente necessários? Inevitáveis? Em que ponto está sua organizacao no caminho do Open?

Proteção de dados, governança e segurança lógica na era da Nuvem: garantindo o controlo, asseverando a visibilidade e evitando erros comuns

Palestrante Disponível Brevemente

Pausa para almoço e networking

Construindo redes seguras, confiáveis e que cumpram todos os standards obrigatórios – maximizando performance ao mesmo tempo que se mitigam riscos

Coronel Eduardo Wallier Vianna, Chefe da Divisão de Operações CCDCiber, Exército Brasileiro - Ministério da Defesa

Mais que nunca, as organizações governamentais procuram adquirir uma estratégica de segurança de dados que vá ao encontro dos grandes desafios da atualidade. Mas quais são os pontos críticos a ter em conta? Quais os indicadores que revelam uma estratégia que protege 100% das infraestruturas críticas nacionais? Nosso reputado orador lhe vai conduzir passo a passo por seu caso de sucesso a nível nacional.

Migrando para a Nuvem: quando, quais e como mover suas aplicações para a Nuvem?

Palestrante Disponível Brevemente

O processo de migração é um passo crítico e onde a grande maioria de erros se dão. Que aplicações tem sua organização? Que aplicações deve migrar para a Nuvem? Que aplicações são interdependentes? As aplicações são entes voláteis e você deve saber o que e como migrar ao mesmo tempo que mantém a disponibilidade e resiliência de suas aplicações.

Crescendo em escalabilidade, eficiência financeira e rapidez: nuvem privada, publica ou hibrida?

Palestrante Disponível Brevemente

A Nuvem já está aí. Mas isto é só o começo. Nuvem pública, privada ou hibrida, a todas correspondem pros e contras. Temas como segurança, complexidade e gerenciamento tem uma diferente leitura para organizações empresariais e governamentais. Que tipo de nuvem é adequado para sua organização? Nosso palestrante lhe vai responder a esta e outras questões.

Cocktail e encerramento da quarta edição do congresso

De volta ao programa principal